Tecnologia é capaz de detectar motoristas utilizando celulares 1

Tecnologia é capaz de detectar motoristas utilizando celulares

Um estado da Austrália, conhecido como New South Wales, está começando a utilizar a inteligência artificial e um sistema de câmeras com o objetivo de detectar motoristas que usam celulares enquanto dirigem

De acordo com Andrew Constance, Secretário de Transporte e Estradas de New South Wales, essa será a primeira vez que um estado no mundo utilizará a tecnologia com o objetivo de diminuir cada vez mais a infração e a quantidade de acidentes que envolvem motoristas utilizando celulares no trânsito e nas estradas. 

Para ele, dirigir falando ou mexendo no celular é algo bastante parecido com dirigir alcoolizado. Por isso, é extremamente importante encontrar formas de combater esse tipo de infração. 

A expectativa do governo do estado é instalar, até o final deste ano, um sistema com 45 câmeras capazes de detectar o uso de celulares, investindo por volta de US$ 88 milhões

Ao todo, cada sistema contará com duas câmeras diferentes: uma para monitorar os movimentos do condutor por meio do para-brisa e a outra para fotografar a placa do veículo. Ambas as câmeras utilizam a tecnologia de inteligência artificial a fim de excluir os motoristas que não estão cometendo a infração. 

Outra informação importante é que todos os equipamentos serão colocados de forma permanente nas estradas e serão controlados pelas autoridades das rodovias. 

Ainda segundo o secretário, a partir de agora quem fizer isso e for flagrado pelo sistema de câmeras, poderá ser preso em qualquer hora e lugar. De qualquer forma, todas as fotos que mostram condutores suspeitos serão enviadas primeiramente para uma análise, antes que um aviso seja enviado ao dono do veículo.

É claro que algumas exceções também são previstas como, por exemplo, utilizar o celular no viva-voz em suportes que deixem as mãos livres, ou entregar o dispositivo para o passageiro.  

Antes de tomar essa decisão, o governo do estado testou a tecnologia durante quase um ano, por meio de duas câmeras fixas. Para se ter uma ideia, essas câmeras foram capazes de analisar mais de 8 milhões de veículos e detectar cerca de 100 mil condutores utilizando o celular. 

Deixe um comentário