Parceria entre Google e Apple começa a ser colocada em prática 1

Parceria entre Google e Apple começa a ser colocada em prática

Amanda Araújo

Na última quarta-feira (29), o Google e a Apple liberaram as primeiras versões da tecnologia que estão desenvolvendo em conjunto com o intuito de possibilitar o monitoramento da disseminação do coronavírus a partir dos seus sistemas operacionais – Android e iOS. 

De acordo com as informações divulgadas pelas empresas, as versões betas do conjunto de procedimentos e funções para desenvolver os aplicativos já foram enviadas aos criadores selecionados previamente. 

As companhias ainda ressaltaram que essa primeira liberação está relacionada ao sistema de comunicação, capaz de avisar se uma pessoa teve ou não contato com um paciente infectado pelo COVID-19. 

Essa etapa inicial, portanto, é caracterizada por oferecer uma forma de calcular o nível de exposição de cada indivíduo e enviar esse dado a alguém que teve contato com uma pessoa infectada pela doença. 

A partir desses processos básicos, então, os criadores dos aplicativos possuem liberdade para mudar os sistemas de notificação a fim de deixá-los ainda mais úteis e informativos. 

Para quem não se recorda, essa parceria entre a Apple e o Google foi anunciada ainda no início de abril e tem como finalidade disponibilizar a alguns governos uma tecnologia que usa o bluetooth para enviar alertas a pessoas que entraram em contato com pacientes já infectados. 

Lembrando que a tecnologia funcionará somente em dispositivos autorizados pelos próprios usuários. 

A expectativa é que novas informações sejam divulgadas pelas empresas durante os próximos dias e que elas enviem códigos de exemplos para auxiliar os criadores com o sistema de notificação ainda nesta sexta-feira (1). 

Deixe um comentário