Operadoras querem adiar o leilão do 5G para 2021 1

Operadoras querem adiar o leilão do 5G para 2021

Amanda Araújo

Na última quinta-feira (31), as operadoras de telecomunicação Tim, Vivo e Oi anunciaram o seu desejo de que o leilão do 5G ocorra somente em 2021. Até então, ele estava marcado para ser realizado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) em março de 2020.

No entanto, como a data exata ainda não foi definida pelo órgão regulador, as empresas já estão pedindo um adiamento. 

De acordo com a Oi, esse atraso ajudaria bastante as operadoras a respirarem um pouco depois de todo o investimento que foi feito na rede 4G.

O presidente executivo da empresa, Rodrigo Abreu, deixou claro que se o leilão acontecesse apenas em 2021 ou até mesmo na segunda metade de 2020 seria melhor para todas as operadoras. 

Por sua vez, a Tim e a Vivo também se manifestaram dizendo que é melhor o leilão se atrasar um pouco, desde que isso resulte em regras mais favoráveis para todas as empresas envolvidas. Foi o que disse Christian Gebara, presidente da Telefônica Brasil. 

Levando em consideração esses pedidos de adiamento, a expectativa é que a Anatel divulgue durante as próximas semanas a consulta pública para o edital do leilão e também quando exatamente ele irá acontecer. 

De qualquer forma, Julio Semeghini, secretário executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), já avisou que a intenção do governo é realizar o leilão do 5G o quanto antes, ou seja, ainda em 2020, porém não falou em nenhuma data certa. 

Portanto, o que resta agora é aguardar para saber de fato quando esse leilão irá acontecer. É importante lembrar que muitos países já estão integrados a essa nova e poderosa tecnologia, e que deixar para 2021 seria um atraso ainda maior para o Brasil. 

Deixe um comentário