Grande parte dos gestores aprova o home office 1

Grande parte dos gestores aprova o home office

Segundo uma pesquisa realizada pela ISE Business School, 80% dos gestores de empresas no Brasil estão aprovando a “nova” maneira de trabalhar adotada por vários negócios por conta da pandemia do COVID-19.

Desde meados de março deste ano, muitos empreendimentos liberaram seus funcionários para trabalharem no regime home office, adaptando ao máximo suas dinâmicas às medidas do isolamento social. 

A partir disso, grande parte dos gestores começou a notar algumas vantagens nessa maneira de trabalho e, consequentemente, aprovaram ela. 

Para se ter uma ideia, até então mais de 50% das empresas do Brasil já adotaram o home office. De todas aquelas que ainda não estão trabalhando com o regime, 35% são multinacionais, o que torna o trabalho home office mais difícil devido a complexidade das suas operações. 

Ainda tendo como base a pesquisa da ISE Business School, para 60% dos profissionais entrevistados o home office foi bastante eficaz para o aumento da produtividade

Além disso, a grande verdade é que  essas alterações no regime de trabalho já iriam acontecer ao longo dos próximos 5 ou 10 anos. 

A pandemia e o isolamento social, portanto, apenas adiantaram o processo e tornaram o home office uma realidade para diversos negócios que antes não o conheciam bem. A tendência é que a mudança veio para ficar. 

Deixe um comentário