3 erros mortais de gestão financeira para negócios! 1

3 erros mortais de gestão financeira para negócios!

Fazer a gestão financeira da forma correta às vezes pode ser algo um pouco difícil. Muitos donos de negócios reclamam que fecham praticamente todos os meses no vermelho, mesmo vendendo bastante. Por que isso acontece? Será que tem uma explicação? 

É claro que sim. Na verdade, em muitos casos esses empresários estão cometendo erros clássicos de gestão financeira, entretanto não percebem isso. O grande problema é deixar esses deslizes passarem sem uma solução. Isso é extremamente perigoso e pode até mesmo fazer com que a empresa vá a falência.

Com certeza não é isso que você quer, certo? Então veja a seguir quais são os 3 maiores erros de gestão financeira cometidos por muitos donos de empresas. 

1. Não separar contas pessoais e empresariais

Um dos piores erros que existem dentro de uma empresa é misturar as contas empresariais e as pessoais. Infelizmente, isso é algo que acontece com inúmeros empresários, sejam de pequenas, médias ou grandes empresas. A principal consequência é perder o controle das finanças e provocar o surgimento de vários outros problemas. 

Um gestor não pode de forma alguma ficar retirando dinheiro do caixa da empresa descontroladamente e sem fazer os devidos registros. Isso pode fazer o negócio não ter dinheiro suficiente para arcar com os seus próprios custos, algo muito perigoso – sem falar em problemas contábeis. 

É assim que começam a surgir as duplicatas em atraso, os pagamentos de altos juros e a necessidade de solicitar empréstimos inesperados em instituições financeiras. Ou seja, pequenas atitudes acabam levando a problemas mais sérios que podem até mesmo fechar o negócio. 

Com uma gestão financeira eficiente tudo isso pode ser evitado. O empresário precisa entender a importância de começar a separar as suas finanças das finanças da empresa o quanto antes.

Alguns que já passaram por problemas desse tipo e quase fecharam os seus negócios, hoje escolheram receber um salário fixo por mês, assim como qualquer outro funcionário. 

2. Não ter um fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta muito importante para controlar cada centavo que entra e sai do negócio e também gerar algumas informações essenciais, como: principais despesas, receitas mensais e valor disponível. 

Além disso, um fluxo de caixa mais detalhado também fornece alguns dados estratégicos a respeito do histórico de pagamento de clientes e fornecedores. Tudo isso faz com que o gestor consiga ter uma base confiável e sólida para tomar decisões e fazer projeções futuras. 

É muito fácil hoje em dia de evitar qualquer problema através da criação do um fluxo de caixa. Existem muitos apps e ferramentas de gestão financeira que facilitam este processo.

3. Não controlar as contas a pagar e a receber

O terceiro erro financeiro que pode prejudicar e muito uma empresa é não realizar o devido controle das contas a pagar e a receber. Nunca se esqueça de que atrasar pagamentos de duplicatas significa ter que arcar com altos valores de juros depois, certo? Sabe a consequência disso? Acabar com os seus lucros. 

Assim, a empresa pode acabar ficando com um histórico negativo dentro do mercado e a longo prazo será cada vez mais difícil solicitar um novo empréstimo, por exemplo. 

A solução para esse problema é adotar uma ferramenta de gestão financeira capaz de exibir quais são as contas a pagar e a receber.

Agora que você já sabe quais são os 3 erros de gestão financeira que podem até mesmo fechar o seu negócio se não forem evitados, não deixe de tomar o máximo de cuidado possível e buscar alternativas para resolvê-los. 

Coloque todas as dicas em prática e tenha calma para solucionar esses erros de gestão financeira caso eles aconteçam.

Deixe um comentário